Polopique - Comércio e Industria de Confeções de S.A.
Rua da Baiona 142 4795-784 Vilarinho Santo Tirso, Portugal
+351 253 480 100 / +351 253 479 060 polopique@polopique.pt
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies. Saiba Mais

Polopique fia crescimento

O grupo Polopique acaba de instalar uma nova fiação de raiz, vocacionada essencialmente para a produção de fios finos, mesclas e fios de cor. Segundo o presidente do grupo, Luís Guimarães, a unidade produtiva vem responder às necessidades latentes, aumentando a produção mensal para 360 toneladas.O investimento da Polopique na fiação ascende já a 30 milhões de euros, valor que integra a aquisição, em 2010, e a posterior renovação da Fiateviz e a criação desta nova unidade, que integra 13 cardas, 6 torces, 10 laminadores, 10 penteadeiras, 20 bobinadeiras e 20 contínuos de...

Há o Polo Norte, o Polo Sul e talvez um Polopique no seu guarda-fato. Fabricam até 100 mil peças por dia

A empresa que faz polos para a Zara vai investir ainda mais na fiação. É o 17.º de 20 projetos que ganharam fundos comunitários e o Expresso e o BCP Capital. Graças à iniciativa e empreendedorismo de Luís e Filipa Guimarães surgiu no mercado, em 1996, uma nova marca de vestuário que atingiria uma posição de referência no setor têxtil nacional, assumindo-se como das únicas unidades verticais completas existentes no país. O grupo Polopique controla a sua produção desde a fiação, passando pela tecelagem/tricotagem e ultimação, até à confeção. A estratégia passava...

Presidente da Câmara visitou empresa que criou 200 postos de trabalho

Empresa têxtil está instalada em Boim. O presidente da Câmara Municipal de Lousada, Pedro Machado, e o presidente da União de Freguesias de Cristelos, Boim e Ordem, Eduardo Vilar, visitaram, na semana passada, a fábrica da Polopique, em Boim. Segundo nota de imprensa da autarquia, esta indústria, recentemente instalada na Zona Industrial de Boim, foi um dos investimentos captados durante os últimos dois anos para o concelho e permitiu a contratação de cerca de 200 pessoas, na maioria que estavam desempregadas. “A empresa, inserida numa região de forte pendor têxtil, escolheu...